terça-feira, 3 de novembro de 2015

E já é Novembro

Queria aproveitar que ainda é começo de mês para tentar marcar de alguma forma um retorno a postagens aqui. Um começo de mês é o ideal, na minha cabeça, é como se fosse uma segunda-feira ou primeiro dia do ano.

Bom, admito que as primeiras coisas que penso sobre Novembro são:
♥ Está pertíssimo do fim do semestre.
♠ Tenho muitos trabalhos a fazer e entregar e, infelizmente, não estou nem na metade...
♣ Logo visito São Paulo
♦ É o mês da Consciência Negra
♥ É o mês da campanha Novembro Azul, que também é importante.

Infelizmente nenhum deste tópicos traz exatamente um tema sobre o qual falar. Na verdade tenho muito interesse em falar sobre o mês da Consciência Negra, talvez durante este mês eu explane um pouco a respeito, sempre lembrando que só posso falar sob a minha perspectiva das coisas. Que, em resumo, é a de que o racismo ainda não foi erradicado da nossa sociedade e que ainda estamos na fase em que sim, é preciso falar sobre racismo e etc.

Bom, também tem o fato de que o Halloween acabou de passar. Eu não comemorei de forma nenhuma, notei que apesar de não ter nada contra a data, eu a esqueço e não sinto exatamente empolgação em comemorar "na vida real" o Halloween. Apenas após a data comecei a cogitar que ano que vem talvez eu pudesse comemorar vendo filmes clássicos de terror, pode ser interessante...

Acho que uma coisa marcante sobre o finzinho do meu mês é que fui visitada pelo meu namorado. Sim, eu tenho um namorado e tive um blog por anos sem comentar nada a respeito! Nós namoramos à distância e no geral não nos vemos muito. A vinda dele foi cheia de comilanças e alegria. Infelizmente (de novo), eu me distraí tanto me divertindo que só consegui tirar fotos de comida (para variar) e não consegui tirar uma única foto com ele (!!!). Só o fotografei ao lado dos meus amigos, em uma cafeteria de um shopping.

Bizarramente eu sou muito distraída e morro de constrangimento de incluir pessoas nas fotos que tiro. Adio o pedido até que acabo esquecendo da intenção de ter a foto, ou muitas vezes perco a noção do tempo, não sei explicar o que acontece, mas sempre termina em eu raramente tirar foto de pessoas e, principalmente, com pessoas! Mas eu sempre fico olhando e namorando as fotos que tirei das comidas e lembro de toda a situação. Acho que com isso dá para concluir que tenho uma relação bem afetiva com a comida XD E de fato eu tenho.

Coloco aqui uma ou outra foto especial deste encontro, apenas pelo registro. Como meu namorado é tímido e não pedi permissão a ele para postar foto dele aqui, nenhuma foto o incluirá.




Fotos tiradas antes de sair para encontrá-lo, na sexta-feira (dia 23/10). Não dá para ver bem e nem ficou exatamente bonito, mas passei um batom rosado, delineador preto e lápis de olho verde-perolado. Eu não tenho certeza se gosto desse nível de produção sem preparar a pele, mas eu realmente não tenho costume e não acho legal passar base e etc para tirar o rosado do meu rosto sempre que eu quiser passar algo esverdeado nos olhos, por mais que eu sinta que fica com um contraste meio "estranho" XD


Já no domingo, saímos para o Outback. Íamos jantar no shopping, mas demoramos e quando saímos apenas o Outback estava aberto. Por uma felicíssima coincidência, fomos atendidos por uma garçonete ovo-lacto-vegetariana!

Eu nunca tinha ido ao Outback, me sentia desencorajada pelos preços e por saber que é um lugar especializado em carnes. Quero dizer, o que eu iria fazer lá?! No fim, graças à orientação da moça, consegui fazer uma ótimicíssima (ótima à última potência) refeição ali. Como dica para vegetarianos: pedimos aquelas cebolas empanadas bem típicas do Outback, Potato Soup e Salada Caesar. Também teve o pão que é cortesia, do qual eu comi um monte porque estava morrendo de fome e o achei saborosíssimo.

Gostei muito do atendimento, fiquei bem impressionada, Eu também nunca tinha comido o pão ciabatta (não lembro se esse é exatamente o tipo de pão da cortesia, mas...), foi impressionante ver o quanto ele podia ser macio. A sopa é bem densa, cremosa de batata e queijo, chega a ser quase gordurosa demais. É bom balancear com a salada. Há como pedir sopa do dia, que vem acompanhada de salada à sua escolha. Foi a que pedi, e por feliz coincidência (também) a sopa do dia era essa Potato Soup!

A salada também era ótima, mas eu devia ter pedido um molho menos pesado com ela. Ainda assim achei maravilhoso!







Na terça-feira fomos a um lugar chamado "Mercado São Jorge". Saímos a perambular pelo centro da Floripa à procura de onde comer às 14h ou mais tarde. Passamos aqui em frente, e meu namorado disse: "Você aguentou ir ao Outback por mim, eu aguento ir a esse lugar natureba com você" (explicando, ele é onívoro do tipo apaixonado por carne e nossos paladares são bem opostos nesse sentido). Acho que ele não aproveitou muito, mas eu adorei o cardápio do começo ao fim! Pedi um hambúrguer de shiitake (amo shitake, adoro shitake, nunca perco a chance de comer cogumelo), uma tapioca de queijo com molho pesto, uma torta lindíssima com morangos e esse chocolate quente.

Achei tudo maravilhoso, por mim comeria essa torta todos os dias, após cada refeição, pela minha vida inteira XD


Finalizando a fofura só porque achei esta foto muito meiga, quarta-feira, após minha aula, nos encontramos com amigos meus na cafeteria. Este é o chocolate quente que pedi. Era do meu favorito, bem cremoso e pouco açucarado. Esta coração em cima me conquistou profundamente, se minha fotografia fosse um pouco mais cuidadosa eu acharia esta taça digna de estar no WeHeartIt.



Ele foi embora logo no dia seguinte, quinta-feira (29/10), me deixando, além de muitos presentes indiretos, estes dois físicos. Os docinhos, que ele me pediu para escolher, e uma caneca maravilhosa de chá. Tenho inclusive bebido mais chá só porque quero usar a caneca! Ela veio na caixa linda de passarinhos e sempre a guardo perfeitamente após cada uso. Não tive paciência de uma foto mais cuidadosa da coleção, mas veio tampa, peneira e caneca, tudo de porcelana. O pires não era incluso na caixa, mas tenho vários pires fofos em casa.

Ele sempre me mima muito quando nos encontramos, o que sempre me deixa muito feliz ^^

A visita dele também me fez um bem danado porque me deu uma descarga de energia. Um dos motivos do meu silêncio em Outubro era a "incapacidade" de lidar apropriadamente com minha depressão, e uma visita tão querida sempre dá uma levantada incrível de ânimo!

Sei que esta postagem foi extremamente pessoal e meio fora do perfil que costumo trazer aqui, mas espero que tenham gostado! ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário