terça-feira, 16 de outubro de 2012

Frescuras vegetarianas

Oi, lolis!

Então, faz tempo que não escrevo sobre vegetarianismo aqui. E ontem justamente, enquanto tentava dormir, me veio à cabeça uma coisa meio estranha e pouco explicada. Aviso que essa postagem tem algumas situações pessoais e muitos "particularmente" XDDDD Também coloquei fotos de comidas vegetarianas, porque não achei nenhuma imagem que indicasse vegetarianismo sem aquela propagandas um tanto desconfortáveis. Todas foram retiradas do WeHeartIt e nenhuma eu sei preparar, perdoem-me T_T

 Enfim, explicando:

Quando alguém, qualquer pessoa, não come uma comida, ou não gosta dela, há uma série de soluções e coisas que, parando para pensar, não se aplicam a uma pessoa vegetariana e que, se uma pessoa não tem o costume de conviver com um, achará que é pura bobagem e extremismo. No entanto, se todos os vegetarianos que conheço, praticamente, tomam esse tipo de atitude, isso me faz pensar que não é algo tão extremo assim.

165859198746967258_ighelqk1_c_large

Ok, pode ser dito que o próprio fato de se tornar vegetariano é extremo. Quando falo em veganismo, muita gente diz "mas, pô, isso é um exagero!". Mas se você para para pensar, na mente de alguém que já parou de comer carne, dependendo da motivação virar vegano é só mais uma questão de coerência. E lembro a todos que eu posso dizer também que é muito extremo se recusar a comer qualquer coisa além de arroz, ovo, feijão e carne. Ou que é extremo tomar só refrigerante. Posso até falar que é extremo ouvir só um tipo de música, ou gostar de só um tipo de roupa, talvez. É incrível como é uma questão de ponto de vista!

Mas já comecei a devanear. Vamos logo às frescuras:

Tumblr_mbhrkasczr1royardo1_500_large

1- Não comer nada que tenha sido cozido/frito/assado/etc com carne junto
Não, sinto dizer, mas se você oferecer uma carne com batatas para um vegetariano e falar que ele pode provar só as batatas, duvido muito que ele aceite. Se ele for vegetariano por motivos de saúde, vai dizer que as toxinas da carne já passaram para todo o alimento. Se ele não gosta de carne, ou não come por motivos éticos, ele também não comerá porque não vai querer uma comida com gosto de carne e (sinto pelo palavreado) cheirando "a morte". Essa denominação é minha e um tanto exagerada, mas só para situar vocês que para um vegetariano carne não é questão de "comer só um pouquinho" ou "é só o gostinho". No caso de ser vegetariano pelo meio ambiente, não sei como se portaria, sendo sincera. Mas creio que, ao comer, ele se sentiria traindo seus ideais.

165859198746967350_g9hjl5bs_c_large

2- Não se servir com uma colher/espátula/etc que já foi usada para servir um prato com carne
Esse nem todo vegetariano tem. É o tipo de coisa do qual geralmente não se faz questão, mas que se o anfitrião se lembrar de usar outra colher, é um tanto melhor. Lembro-me que já nem me importava muito com qual espátula seria servida a minha comida, quando visitei um amigo e - que surpresa! - ele me serviu primeiro e quando fui repetir o prato - que era pizza, por sinal - ele pegou outra espátula. Quando perguntei a respeito, ele me respondeu que já estava suja de carne, e que ele não sentiria o gosto, mas que eu com certeza sentiria.

Tumblr_mbjioizlul1r0u36jo1_1280_large

3- Não comer coisas com resíduo animal
Por isso pode parecer idiota, mas se refere a salgadinhos, temperos e coisas do tipo. Muitas vezes um miojo, ou caldo Knorr, ou caldo Magi, ou qualquer um desses, tem na composição extrato de carne. Salgadinhos idem. Isso significa que pode ser de 0,000001%, mas que tem carne naquilo. Igualmente, um vegetariano por motivos de saúde não comerá isso; um por motivos éticos também não; um por motivos ambientais, muito menos. Eu particularmente sei que não fará diferença comer 0,000001% de carne, mas não como por coerência. Eu gostava de carne, e muito vegetariano também gostava. Para mim, o ato de comer carne já tem uma simbologia: significa que, para mim, a vida de um animal vale mais do que um sabor bom na comida. E uma coisa incrível que praticamente só vegetarianos sabem: não são só coisas com "sabor carne" que levam carne. Há muitos lugares onde se põe caldo de carne no feijão e no molho de tomate. E também há os que - pasmem :'D - colocam caldo de frango na empadinha de palmito (?). Desta forma, por favor, não ache exagerado quando um vegetariano:

Vegetarian-pizza_large

4- Perguntar quais ingredientes foram na comida
Frequentemente um vegetariano perde tempo no mercado lendo aqueles rótulos chatos de embalagens, afim de saber se foi ou não carne naquilo. De novo: particularmente, para mim já é um hábito. Sempre que vou comprar algo novo, leio os ingredientes na esperança de não encontrar o "extrato de carne" entre os ingredientes. E sempre que vou comer em um restaurante pela primeira vez e me servirei de um prato que pode ter sido temperado com caldo de carne, pergunto a respeito. Se tiver, eu não como.

Tumblr_maz0tqbtsm1rh1qimo1_500_large

5- Planejar ter filhos vegetarianos
Bom, com essa eu particularmente não concordo porque acho que a criança deve ter liberdade de escolher o que quer ou não comer. Mas um vegetariano pode me responder que as crianças não escolhem comer carne, os pais que tomam a atitude de dar. De qualquer forma: uma pessoa com certos ideais em geral quer passá-los ao filho, seja qual ideal for. Vemos muito isso em religião. Por mais difundida que seja a ideia de liberdade religiosa, é meio raro ver um filho que não siga as vertentes religiosas de um dos pais, ou da família, bem como time de futebol. O que não significa que não aconteça. Só é raro.

Garlic_thyme_quinoa_patties3_large

6- Não servir carne em sua casa
Essa é simples, mas pode ser vista como atitude de mal anfitrião. Só porque você não gosta de uma comida, vai se recusar a oferecê-la a alguma visita que goste? Talvez sim. Acredito que os vegetarianos por motivos de saúde não veriam problema em oferecer carne aos seus convidados, mas um por motivos éticos ou ambientais com certeza verá. Isso por muitos motivos. O mais simples deles é idiotamente tosco e óbvio: nojo de lidar com a carne. Eles em geral não comem especialmente porque não querem um "cadáver" dentro de si. É natural que também não queiram lidar com ele. E também há a questão, novamente, de coerência. Vegetarianos por esses dois motivos (ética e ambiente) acreditam na força do grupo. Eles sabem que, eles, sozinhos, parando de comer carne, não farão diferença. Eles contam que muitos agirão assim e, desta forma, poderão mudar um pouquinho o mundo. Comprar carne, mesmo que uma vez, para outra pessoa comer, é cortar essa corrente. Mais do que não querer comer carne, em geral esse tipo de vegetariano procura não comprar carne porque vê, no ato da compra, a demonstração de que apoia aquilo. Por mais barata que seja a carne, ele tem a visão de que está financiando coisas com as quais não concorda.


Esse tipo de atitude pode parecer um tanto besta, principalmente as 2 e 3. (De novo :'D) Particularmente, acho a 1 e 4 frescuras mais importantes, por um motivo bem simples: depois de um tempo sem comer carne, seu organismo encontra dificuldades em digeri-la. O que para você pode ser "só um pouquinho de carne" pode fazer um vegetariano de longa data vomitar. E isso não é exagero XD

Apenas uma breve ideia, contando uma história pessoal: eu passei 4 anos semi-vegetariana, antes de virar vegetariana. Ano passado eu ainda comia peixe e frutos do mar. Mesmo assim, quando fui visitar meus parentes gaúchos e fizemos cuca (que é uma espécie de pão doce, resumidamente falando), a massa levou duas colheres de sopa de banha de porco. Essa duas colheres foram distribuídas em, se não me engano, 4 ou 5 formas grandes de cuca, o que significa meia colher em cada forma. Estão acompanhando que é pouca coisa, se for ver bem. Pois bem, eu comi 4 pedaços de cuca e foi o suficiente para me pesar no estômago e eu não conseguir comer mais nada.

Peço desculpas por essa postagem ficar muito com jeito de propaganda (jurei para mim mesma que nunca ficaria levantando bandeira do vegetarianismo, falando que os outros estão errados em seu jeito de se alimentar e tal), mas como me pediram para falar mais a respeito e essa ideia me veio à cabeça, decidi escrever ^^

Ah, e lembrem-se que essas frescuras também se referem aos veganos, mas com outras comidas inclusas!

Por favor, se você também lembrar de alguma "frescura vegetariana", deixe comentários e eu acrescento!

4 comentários:

  1. Pra falar bem a verdade, eu achei estranho mesmo - e, talvez consideraria como frescura - a número 2. Na real, eu nunca pensaria em algo assim e não tinha ideia que vegetarianos poderiam se sentir mal por serem servidos com o mesmo utensílio que eu usei, por exemplo.

    Quanto às demais frescuras, acho ok! ^^

    Eu andei pensando sobre a ingestão de carne ontem: já passei - e vou passar - por procedimentos e tratamentos espirituais em que não comer carne era uma das regras. Também conheço amigos espíritas que aderiram ao vegetarianismo.

    E, oh, gosh!! Cuca!! Muuuuuitoooo bom! Mas ainda bem que a minha avó não usa - ou, pelo menos, acho que não usa! xDDD Minha preferida de todas é a de chocolate! Dos deuses! Juro que ri aqui com a sua descrição! Pessoal deveria ter a chance de provar! Nhamiii!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, a número 2 raramente é cobrada. Um vegetariano se conforma de usar a mesma talher que serviu carne. Mas ele vai achar muito legal se você tiver esse cuidado de pegar outra coisa pra servi-lo! XDDD

      Puxa, mesmo?! Boa sorte, gêmea! Qualquer ajuda, tamos aí! o> É meio comum espíritas serem vegetarianos. Parece que veem a influência de alimentos de origem animal na sensibilidade, e até na estabilidade dos próprios espíritos.

      Asahsuahsuh, que bom que gostou da descrição! XDDDD Também adoro cuca, mas a minha favorita é de banana /o/

      Excluir
  2. achei muito legal o post, tenho uma amiga que nao come carne mas não sei que tipo de vegetariana ela é por isso achei legal saber dessas coisinhas, ia me sentir meio mal de fazer alguma dessas coisas e deixar ela desconfortável!
    Nunca pesquisei muito sobre vegetarianismo e como carne, mas não consigo nem chegar perto de um açougue (mesmo o do supermercado) e não como churrasco e carnes com osso mas é mais uma questão de pena com os animais, como sou muito avoada acabo tentando não prestar atenção quando estou comendo e vai de qualquer jeito mas se tem o osso ali aparecendo não da pra ignorar ><
    E não achei nenhuma dessas frescuras tão frescas assim, acho que consigo entender o por que de cada uma delas ;p

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Asuahsuhsa, mas não precisa se preocupar ^^ são coisas que um vegetariano entende que as pessoas não se antenam com isso. Grave eu só acho a número 1, porque né...

      Eu entendo o.o Cada um tem seu limite, né. Mas acho que se você não gosta não tem porque se obrigar a não prestar atenção para comer XD Agora, se você só esquece mesmo... Nah, come o que te faz feliz!

      Puxa, que bom! Fico feliz de ver que tem gente que entende essas coisas! XDDD

      Beijos! :3

      Excluir