domingo, 28 de outubro de 2012

Encontrei pela net: BBs Creams veganos

Oi, lolis!

A postagem de hoje é um tanto pequena e simples. Eu estava tentando achar BBs Cream veganos, e produtos coreanos em geral que o fossem. Descobri um blog chamado Life & Vegan stuff, que achei muito interessante. A postagem que me atraiu em especial foi uma pequena pesquisa feita pela dona do blog sobre produtos cruelty-free e/ou vegano.

Mais tarde, ela editou aquela postagem e colocou link de uma segunda postagem. Lendo, acabei chegando a algumas coisas.

♣ A Lioele faz testes em animais.
♠ As marcas Missha, Skinfood, Skincure Cosmetics, Etude House, Baviphat e The Face Shop são cruelty-frees.
♥ Apenas as marcas Skinfood e The Face Shop são veganas.

Resumidamente, é isso. Mas aviso que não deu para localizar informações sobre a skin79 e a Arezia. Só consegui informações sobre as marcas já citadas. Espero conseguir, eu mesma, paciência para pesquisar decentemente sobre BB Creams!

Também achei o site de uma marca que me chamou a atenção. Quando eu for rica Espero em breve poder comprar alguma coisinha deles. Ando investindo muito em lolita, e como já mal tenho disciplina para cuidar da pele, acabo achando que não vale tanto a pena para mim comprar esses produtos. Isso porque raramente uso por tempo o suficiente para se concluir alguma coisa do produto (?).

De qualquer forma, estou para fazer review da Multi Vegetal há teeeempos. Só adianto que gostei bastante dos produtos, embora em dias de muito calor e de TPM minha intuição tenha se mostrado correta: o hidratante é fica muito oleoso para minha pele nesses dias!

Entre outras descobertas, está o site de uma mulher que coleciona cosméticos, ou algo assim. Não entendi muito bem a parada (?), mas o site dela tem os ingredientes de muuuitas marcas, com ao lado a bandeira do país a qual pertencem! Penso que seria legal contatá-la e ajudar na pesquisa (?).

Tenho uma visão um tanto "comunista" dessas coisas. Acho que seria extremamente interessante um "Kawaii Kei" de coisas veganas e/ou cruelty-free, com a diferença que, creio, seria bem mais simples: bastaria que quem acompanhasse contribuísse passando os ingredientes de um ou outro produto que usa. De fato acredito na forma de "muitas andorinhas juntas para trazer o verão"! Se isso pode ser feito com o moda fofa, por que não com veganos?

Mas já comecei a divagar... Peço desculpas! antes de ir, queria também registrar a tal marca. Ela se chama hâut, é canadense, vende um "BB Cream" próprio, e me soou muito interessante e confiável.

Beijos veganos!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Frescuras vegetarianas

Oi, lolis!

Então, faz tempo que não escrevo sobre vegetarianismo aqui. E ontem justamente, enquanto tentava dormir, me veio à cabeça uma coisa meio estranha e pouco explicada. Aviso que essa postagem tem algumas situações pessoais e muitos "particularmente" XDDDD Também coloquei fotos de comidas vegetarianas, porque não achei nenhuma imagem que indicasse vegetarianismo sem aquela propagandas um tanto desconfortáveis. Todas foram retiradas do WeHeartIt e nenhuma eu sei preparar, perdoem-me T_T

 Enfim, explicando:

Quando alguém, qualquer pessoa, não come uma comida, ou não gosta dela, há uma série de soluções e coisas que, parando para pensar, não se aplicam a uma pessoa vegetariana e que, se uma pessoa não tem o costume de conviver com um, achará que é pura bobagem e extremismo. No entanto, se todos os vegetarianos que conheço, praticamente, tomam esse tipo de atitude, isso me faz pensar que não é algo tão extremo assim.

165859198746967258_ighelqk1_c_large

Ok, pode ser dito que o próprio fato de se tornar vegetariano é extremo. Quando falo em veganismo, muita gente diz "mas, pô, isso é um exagero!". Mas se você para para pensar, na mente de alguém que já parou de comer carne, dependendo da motivação virar vegano é só mais uma questão de coerência. E lembro a todos que eu posso dizer também que é muito extremo se recusar a comer qualquer coisa além de arroz, ovo, feijão e carne. Ou que é extremo tomar só refrigerante. Posso até falar que é extremo ouvir só um tipo de música, ou gostar de só um tipo de roupa, talvez. É incrível como é uma questão de ponto de vista!

Mas já comecei a devanear. Vamos logo às frescuras:

Tumblr_mbhrkasczr1royardo1_500_large

1- Não comer nada que tenha sido cozido/frito/assado/etc com carne junto
Não, sinto dizer, mas se você oferecer uma carne com batatas para um vegetariano e falar que ele pode provar só as batatas, duvido muito que ele aceite. Se ele for vegetariano por motivos de saúde, vai dizer que as toxinas da carne já passaram para todo o alimento. Se ele não gosta de carne, ou não come por motivos éticos, ele também não comerá porque não vai querer uma comida com gosto de carne e (sinto pelo palavreado) cheirando "a morte". Essa denominação é minha e um tanto exagerada, mas só para situar vocês que para um vegetariano carne não é questão de "comer só um pouquinho" ou "é só o gostinho". No caso de ser vegetariano pelo meio ambiente, não sei como se portaria, sendo sincera. Mas creio que, ao comer, ele se sentiria traindo seus ideais.

165859198746967350_g9hjl5bs_c_large

2- Não se servir com uma colher/espátula/etc que já foi usada para servir um prato com carne
Esse nem todo vegetariano tem. É o tipo de coisa do qual geralmente não se faz questão, mas que se o anfitrião se lembrar de usar outra colher, é um tanto melhor. Lembro-me que já nem me importava muito com qual espátula seria servida a minha comida, quando visitei um amigo e - que surpresa! - ele me serviu primeiro e quando fui repetir o prato - que era pizza, por sinal - ele pegou outra espátula. Quando perguntei a respeito, ele me respondeu que já estava suja de carne, e que ele não sentiria o gosto, mas que eu com certeza sentiria.

Tumblr_mbjioizlul1r0u36jo1_1280_large

3- Não comer coisas com resíduo animal
Por isso pode parecer idiota, mas se refere a salgadinhos, temperos e coisas do tipo. Muitas vezes um miojo, ou caldo Knorr, ou caldo Magi, ou qualquer um desses, tem na composição extrato de carne. Salgadinhos idem. Isso significa que pode ser de 0,000001%, mas que tem carne naquilo. Igualmente, um vegetariano por motivos de saúde não comerá isso; um por motivos éticos também não; um por motivos ambientais, muito menos. Eu particularmente sei que não fará diferença comer 0,000001% de carne, mas não como por coerência. Eu gostava de carne, e muito vegetariano também gostava. Para mim, o ato de comer carne já tem uma simbologia: significa que, para mim, a vida de um animal vale mais do que um sabor bom na comida. E uma coisa incrível que praticamente só vegetarianos sabem: não são só coisas com "sabor carne" que levam carne. Há muitos lugares onde se põe caldo de carne no feijão e no molho de tomate. E também há os que - pasmem :'D - colocam caldo de frango na empadinha de palmito (?). Desta forma, por favor, não ache exagerado quando um vegetariano:

Vegetarian-pizza_large

4- Perguntar quais ingredientes foram na comida
Frequentemente um vegetariano perde tempo no mercado lendo aqueles rótulos chatos de embalagens, afim de saber se foi ou não carne naquilo. De novo: particularmente, para mim já é um hábito. Sempre que vou comprar algo novo, leio os ingredientes na esperança de não encontrar o "extrato de carne" entre os ingredientes. E sempre que vou comer em um restaurante pela primeira vez e me servirei de um prato que pode ter sido temperado com caldo de carne, pergunto a respeito. Se tiver, eu não como.

Tumblr_maz0tqbtsm1rh1qimo1_500_large

5- Planejar ter filhos vegetarianos
Bom, com essa eu particularmente não concordo porque acho que a criança deve ter liberdade de escolher o que quer ou não comer. Mas um vegetariano pode me responder que as crianças não escolhem comer carne, os pais que tomam a atitude de dar. De qualquer forma: uma pessoa com certos ideais em geral quer passá-los ao filho, seja qual ideal for. Vemos muito isso em religião. Por mais difundida que seja a ideia de liberdade religiosa, é meio raro ver um filho que não siga as vertentes religiosas de um dos pais, ou da família, bem como time de futebol. O que não significa que não aconteça. Só é raro.

Garlic_thyme_quinoa_patties3_large

6- Não servir carne em sua casa
Essa é simples, mas pode ser vista como atitude de mal anfitrião. Só porque você não gosta de uma comida, vai se recusar a oferecê-la a alguma visita que goste? Talvez sim. Acredito que os vegetarianos por motivos de saúde não veriam problema em oferecer carne aos seus convidados, mas um por motivos éticos ou ambientais com certeza verá. Isso por muitos motivos. O mais simples deles é idiotamente tosco e óbvio: nojo de lidar com a carne. Eles em geral não comem especialmente porque não querem um "cadáver" dentro de si. É natural que também não queiram lidar com ele. E também há a questão, novamente, de coerência. Vegetarianos por esses dois motivos (ética e ambiente) acreditam na força do grupo. Eles sabem que, eles, sozinhos, parando de comer carne, não farão diferença. Eles contam que muitos agirão assim e, desta forma, poderão mudar um pouquinho o mundo. Comprar carne, mesmo que uma vez, para outra pessoa comer, é cortar essa corrente. Mais do que não querer comer carne, em geral esse tipo de vegetariano procura não comprar carne porque vê, no ato da compra, a demonstração de que apoia aquilo. Por mais barata que seja a carne, ele tem a visão de que está financiando coisas com as quais não concorda.


Esse tipo de atitude pode parecer um tanto besta, principalmente as 2 e 3. (De novo :'D) Particularmente, acho a 1 e 4 frescuras mais importantes, por um motivo bem simples: depois de um tempo sem comer carne, seu organismo encontra dificuldades em digeri-la. O que para você pode ser "só um pouquinho de carne" pode fazer um vegetariano de longa data vomitar. E isso não é exagero XD

Apenas uma breve ideia, contando uma história pessoal: eu passei 4 anos semi-vegetariana, antes de virar vegetariana. Ano passado eu ainda comia peixe e frutos do mar. Mesmo assim, quando fui visitar meus parentes gaúchos e fizemos cuca (que é uma espécie de pão doce, resumidamente falando), a massa levou duas colheres de sopa de banha de porco. Essa duas colheres foram distribuídas em, se não me engano, 4 ou 5 formas grandes de cuca, o que significa meia colher em cada forma. Estão acompanhando que é pouca coisa, se for ver bem. Pois bem, eu comi 4 pedaços de cuca e foi o suficiente para me pesar no estômago e eu não conseguir comer mais nada.

Peço desculpas por essa postagem ficar muito com jeito de propaganda (jurei para mim mesma que nunca ficaria levantando bandeira do vegetarianismo, falando que os outros estão errados em seu jeito de se alimentar e tal), mas como me pediram para falar mais a respeito e essa ideia me veio à cabeça, decidi escrever ^^

Ah, e lembrem-se que essas frescuras também se referem aos veganos, mas com outras comidas inclusas!

Por favor, se você também lembrar de alguma "frescura vegetariana", deixe comentários e eu acrescento!

sábado, 13 de outubro de 2012

Novas Amizades: Ichigo!

Oi, lolis! 

Sim, estou postando com maior frequência, palmas para mim!

Nesta semana aconteceu que eu estava conversando com a Ichigo (a quem chamo carinhosamente de 15, apelido inventado pela Kin-chan :3) e ambas chegamos a um consenso meio mágico: consideramos uma amiga da outra. Dessa forma, eu falei "Ok, então tenho que fazer um post sobre você! Vai escolhendo foto! XD".

Eu pedi para ela escolher. Ela falou
"gosto de todas do meu flickr, escolhe uma lá.
Gosto mais daquele outfit com tema de maçãs :3"
Tá aqui! :3

Enfim! A 15 é dona do primeiro blog lolita que conheci, e no qual aprendi as composições básicas de lolita. Eu mal tinha conhecido a Kin-chan e, conversando, ela comentou que curtia moda lolita. Minha reação foi "O que é isso? :'D". Ela me mandou imagens e lembro perfeitamente que achei a coisa mais fofa e linda do mundo! Na época achei que seria muito caro e apenas ficava babando nas fotos que eu via, em especial gothic lolita.

Quando a Kin-chan passou a me encorajar a vestir lolita, falei que me sentia insegura em usar um estilo tão fofo por causa dos... Meus óculos!!! E é aí que a 15 entra na história, porque no mesmo instante que comentei dos óculos com a Kin-chan, ela me mandou o blog de uma lolita que escrevia sobre a moda. Era simplesmente este artigo!

A partir daí, admito, devorei todos os artigos relacionados a lolita, fossem traduções ou não.

Estranhamente, apesar dessas coisas me serem tão nostálgicas e claras, não me lembro exatamente como me aproximei da 15 em si. Ela era apenas a "dona do Reino de Morango" e "uma lolita win". Como todo ídolo, bem inalcançável XD

Como ela falou que gosta de todas as do Flickr,
não colocarei só uma foto!

De qualquer forma, consegui contato com ela (não lembro como...), inclusive uma "amadrinhagem" e ajuda com outfits. No entanto, acabava que quando nos encontrávamos na internet não falávamos de lolita. Ela contava coisas randoms e eu também. Só às vezes eu tinha uma dúvida ou outra, e então perguntava, e ela sempre foi bem gentil ^^

Admito que a 15 me intimidava um pouco, por ser muito quieta e ter em seus meios sociais coisas como "não ligo para você", e coisas meio... Bom... Intimidadoras, para mim. A fama de ser uma lolita muito cabeça fechada exigente também não encorajava muito, mas senti que lá tinha uma boa oportunidade de amizade e fui em frente!

O resultado é que, sim, ela não fala muito, mas é bem legal e tem seus momentos de falar "olha, eu não falo mas gosto de conversar com você, viu?". Acho que a hora em que notei que não a incomodava nem nada foi em um dia que ela me agradeceu por continuar falando e puxando papo, mesmo quando o fato dela ser meio monossilábica desencorajava isso XDDDD

Sinto que estou mais falante nessa postagem, inclusive falando de impressões negativas, mas uma qualidade que a 15 tem de muito forte é a sinceridade. Isso leva a algumas pessoas a considerarem grossa, mas vejo apenas como um jeito de ser e acabo me sentindo mais confortável para falar o que realmente acho para ela.

Fico muito feliz quando noto que alguém é diferente do que parece inicialmente (no sentido de ser melhor, né XD), porque toda surpresa é positiva e a gente se sente descobrindo a pessoa. Isso é algo que, para mim, é muito mágico e legal ^^ Adoro observar os outros e notar o que escondem por baixo do que mostram. A 5 é daquelas que parece pedra, mas tem recheio de marshmallow (?).

Acho só uma pena que ela não tenha mais lolitado tanto T_T Sinto falta dos outfits wins de antes. Atualmente (desculpe pela sinceridade T_T) tenho achado todos muito simples. Sei que ela prefere usar outfits mais casuais, mas sinto que se desse para investir mais em lolita dava para fazer um outfit simples e legal! XD

Também não posso esquecer de dizer que fiquei muito feliz de ter sido amadrinhada por ela, inclusive tendo alguma propaganda do meu blog! Não imaginei que o meu estaria entre um dos 5 recomendados por ela. Como ela não costuma comentar, e segue muitos blogs, achei que estava seguindo o meu apenas por ser minha madrinha. Então foi bem feliz notar que ela de fato lê cada coisinha que escrevo!



Puxa... Talvez alguém olhe este meu post e pense "ficou comprido e ela parece citar mais defeitos do que qualidade da Ichigo! Que amiga mais traíra! D:", mas tenho como política ser sincera sobre como conheci cada pessoa. Duvido que ela vá se importar pelo que escrevi, até porque gosto de conversar com ela (e dela em si) e temos pontos em comum independente disso! XD Nossas primeiras conversas se basearam em "vegetarianismo" e "Wicca". Ela me passou muitos sites interessantes sobre mitos e tal *-*

E também foi ela que me mostrou o blog da Tiemi-chan! Fico muitíssimo grata por tudo isso, e cada vez mais animada para conhecer mais pessoas tão fofas e legais quanto as que já conheci! Sinto que posso falar muita coisa da 15, e que nunca conseguirei falar tudo, porque ela também foi quem me auxiliou no primeiro outfit, ficando até umas 3 da manhã on me ajudando, fazendo um preço especial na lojinha dela quando comprei lá (não paguei frete), me dando dicas de comidas, me defendendo no Facebook de parentes trolls (XDDDDD). É uma das amizades que sinto que é mais feitas de detalhes do que de qualquer outra coisa. Creio que também estou feliz de ver como, na prática, os "ídolos" lolita são todas bem humanas e admiráveis!

Claro que tenho uma admiração grande pela 15, também. Sou o tipo de gente que tenta se cercar de pessoas que têm características que admira e que gostaria de ter. O que admiro na 15 é tanto a sinceridade dela quanto a opinião forte. São características que gostaria de ter muito mais, porque tenho o costume de tentar sempre e sempre agradar aos outros, mesmo quando esses outros me desagradam.

Sei que me alonguei demais, mas ao contrário das outras amizades, com esta eu não soube citar coisas "simples" e objetivas sobre o porquê e o quanto gosto dessa pessoa. Foi uma amizade que não surgiu instantaneamente que eu achava que nunca aconteceria, porque achava que a 15 era muito mais distante - o que não significa que dá para deitar e rolar nela, ok? - do que se mostrou para mim.

Esfriando um pouco a cabeça, até porque esta postagem já está mais longa do que o que eu pretendia, e essas íntimas vou escrevendo sem pensar direito para ficar algo bem espontâneo e sincero, consegui achar o que faz a 15 ser marcante para mim: ela foi a primeira lolita de fato que eu conheci (virtualmente). Assim, achei incrível que ela fazia suas próprias roupas, que ela tinha uma lojinha, que ajudava as meninas a serem lolitas, etc!

Abraços morangosos!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Encontrei pela net: Cosméticos Josie Maran

Oi, lolis!

Então, estou postando mais vezes! Hoje teve a feliz coincidência que um blog vegano que acompanho postou essa descoberta: uma marca de cosméticos que tem bastante coisa e é vegana, cruelty-free e etc. Parece que tudo é a base de óleo de argan. Inclusive o slogan me conquistou: Luxury with Conscience.

Clique na imagem para ir para o site :3

Fico sempre muito feliz quando vejo uma dessas marcas éticas, em especial quando são criadas por algum famoso! Sei que é bobo, mas fico feliz em ver gente famosa/rica se preocupando com isso, até porque têm mais meios de fazer alguma coisa!



A marca tem uma abrangência grandinha de produtos (eu achei). Cuidados para a pele, corpo, cabelo, blush, iluminador, base, maquiagem para olhos, batom, gloss...

O chato dessa loja é que é estrangeira, para comprar só importando... E os preços não são dos melhores, considerando que é em dólar e tal. Tem a parte de promoções, em que tudo é dez dólares ou menos ^^ Mas em geral é tudo acima de 22... Como ser vivo que não costuma comprar cosméticos, me pergunto quanto esses preços são médios, baixos ou altos.

Outra coisa meio ruim é que para comprar, só com SS, porque eles só entregam para EUA e Canadá. Puxa vida... Mas o site Sephora também vende e, pelo que me lembre, ele envia para o Brasil.

Notei que de fato, gosto de olhos marcados! Os itens que foram para minha wishlist foram: delineador, lápis de olho e máscara para cílios. Creio que comprarei o delineador, já que o meu sumiu fugiu foi sequestrado secou. Dos outros itens, (infelizmente XD) ainda tenho.

É uma pena que eu estava em busca de uma marca que tivesse paletas grandes de cores para sombra, e esse não é o caso dessa marca. Claro que tem cores legais, mas eu estava mesmo atrás daqueles estojos de 120 cores ou qualquer coisa assim 8D

Abraços sonolentos com cheirinho de baunilha! :3

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Tumblr do Kawaii Kei

Oi, lolis!

Vim contar uma coisa muito legal! Como já devem saber por meio desta postagem, eu tenho um interesse grande pelo Kawaii Kei. Assim, ofereci minha ajuda e a Kakao aceitou!

Desta forma, eu fiquei responsável pelo Tumblr do Kawaii Kei! Peguei uma base da qual não me recordo, mas modifiquei praticamente tudo, inclusive arriscando uma coisa ou outra no Photoshop.

O Tumblr é para tod@ aquel@ que for brasileir@. Isso porque a proposta é de deixar a moda japonesa mais próxima de nós e possível de ser feita! Afinal, a gente olha aquelas garotas japonesas e tal e pensa "cara, quando vai dar para eu ter acesso a isso?".

O Kawaii Kei tem a ideia de todo mundo contribuir. Sendo assim, o tumblr do Kawaii Kei tem espaço para contribuir (o submit), perguntar (ask XD) e, em breve, espero fazer uma página com links de onde conseguir coisas legais. Ressalto muito que qualquer pessoa pode ir lá contribuir, seja com notícia de alguma lojinha que achou com coisas legais, seja da ideia de algum outfit, ou até (estou com essa ideia, mas me falta cérebro para isso) listar as tendências dessa estão, para vermos o que se pode aproveitar em kawaii kei!

Espero que gostem!

sábado, 6 de outubro de 2012

Resultado do Sorteio

Eu queria que desse para ter certeza de nenhuma fraude (?), assim optei por tirar uma print screen direta da página. Entrarei em contato direto com as sorteadas, por e-mail ^^

Fiz primeiro o sorteio do kit fofo:


A ganhadora foi a Carol, ou Lolita Cor-de-Rosa! Comicamente, ela só concorreu com uma chance e, mesmo ouvindo falar dela pelo blog da Tiemi-chan, nunca tive um grande conhecimento da criatura (com todo o respeito ^^"). Meus parabéns sinceros, Carol!


Estranhamente... Quem ganhou o cruelty-free foi a Kin-chan! Gaaah, parabéns para ela! Admito que estou levemente decepcionada porque né, vivo dando presentes para ela (?) e queria presentear alguém "random". Mas enfim, ela se inscreveu e ganhou honestamente. Parabéns, né.

Às que não ganharam: sinto muito! Eu de fato lamento T_T Quando vi a visibilidade que meu sorteio teve (não esperava 18 inscritas), e que isso até afetou a quantidade de seguidoras do meu blog (eram 78, creio, e foi para 81! Agradeço muitíssimo!), e que o sorteio fofo fez MUITO mais sucesso do que o cruelty-free, fiquei bem preocupada. O que defini é que farei sorteios melhores no futuro, com itens que chamem mais a atenção de vocês igualmente ^^ Pode soar estranho, uma vez que estou gastando dinheiro com coisas que nem são para mim, mas estou bem animada com o próximo sorteio!

Abraços sortudos com gostinho de cupcake!