segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Galeria do Rock?!

Como falei aqui, eu decidi ir à Galeria do Rock e à Liberdade com uma amiga. A segunda parte do passeio foi completamente ok, mas a primeira... Pff. E "pff" realmente resume bem o que senti.

Da última vez que fui na galeria do rock, tinham muitas lojas de colocar tatuagens e piercings, algumas (acho que por volta de seis ou sete, mas não lembro direito) de itens "roqueiros" e poucas lojas de CDs de fato. Existia uma loja maravilhosa que se chamava "Baratos & Afins" que tinha uma variedade enooorme de CDs e até alguns LPs dos clássicos do rock.

Eu fui para lá atrás de acessórios punk-lolitosos. Os tais itens "roqueiros" eram, na realidade, umas coisas meio típicas de evento de anime e bem itosas, mas eu tinha esperanças de achar alguma munhequeira, ou meias legais (queria uma quadriculada em preto e branco e uma listrada, também em preto e branco), ou algum anel/colar. Enfim, por mais que certos lugares sejam considerados "centros para itas", acredito realmente que dá para encontrar alguma coisa utilizável em punk lolita nesses lugares.

... Pois bem. Eu fui lá, após (acho que) dois ou três anos sem ir.

Havia lojas de tattoos e piecings, ok.

Havia lojas de... Reggae. Aaaahn... Ok?

Havia PENCAS e PENCAS de salões de cabeleireiro especializados em cabelos afro. Todos cheíssimos. Ou... Quei...?

Havia uma loja de artigos do São Paulo.

Até aí, eu poderia ignorar. Juro que podia. Cheguei a encontrar umas quatro lojas de CDs (nenhuma muito convidativa para entrar)...

Mas lá NÃO havia:
♣ As lojas que eu estava procurando
A "Baratos & Afins"! (EDIT: a loja "Baratos & Afins ainda está lá, só devia estar fechada na hora e me passou despercebida)

Aí foi o fim! Eu até aguentaria se ainda existisse a "Baratos & Afins" (que, para mim, era o símbolo de que a galeria do rock ainda era do rock), mas NÃO. Admito que estou, como dizem, "puta revoltz" (XD) e vou "xingar mtu no twitter".

Eu tenho pleno conhecimento de que fui na galeria do rock com o propósito de procurar coisas não tipicamente roqueiras. Na realidade, se quisermos julgar o que eu fui procurar, fui à caça de itens emos. Na prática, é isso. Porque fora de lolita tem muita coisa que fica ou emo ou ita (sem preconceito), se for ver pelo lado punk da coisa.

Não tenho nada contra o time do São Paulo, nem contra reggae, e muito menos contra salões de cabeleireiro especializados em afro. Mas eu olhei tudo aquilo e me perguntei "onde está a galeria do rock?!".

Lamento informar, gostaria que tivesse sido só um pesadelo, mas a verdade é que a galeria do rock já não existe mais. Virou a "galeria do reggae e cabelo". Avisem aos roqueiros -.-/

Beijos decepcionados ç_ç

5 comentários:

  1. Lembro quando eu estava à cata de uma pulseira de tachas...! Foi tenso! Porque, é como você falou: emos e itas têm aos montes por aí usando esse tipo de acessório, indiscriminadamente. O lado punk da coisa sumiu... O que era visto como algo mais "atitude" perdeu o sentido. E para ficar mais tri, é o subestilo que eu mais gosto, e também o mais difamado... T.T Triste isso...

    Mas, seguindo com a vida! Hoje tem pulseiras e muitos colares e anéis com temáticas punk em lojas de bijuteria! o/ Dá-lhe coroas e chaves! *quando vejo, meu lado consumista dispara e eu fujo de mim!! XDDD Mas quero muito ter uma caixinha inteira só com acessórios punk! Huhuhuhuahahaha - risada maníaca -!

    Beijos beijos, e não se preocupe quanto à MP! "A resposta tarda, mas sempre chega"!!

    Até!!

    ResponderExcluir
  2. é, já faz um tempo que a galeria está indo pra esse caminho, cada vez menos "rock"... :T não me dou mais o trabalho de olhar. pra acessórios compensa mais procurar na 25 de março, a variedade é maior e os preços menores. e o que não tiver lá o jeito é importar...

    ResponderExcluir
  3. Hime-chan, em primeiro lugar, já te respondi XD

    Segundo é que coloco um [2] em tudo que você falou... Espero conseguir realizar minhas vontades! XD



    Rika, obrigada pelo conselho!

    Verei se consigo agitar de ir na 25, ao que parece é o único lugar onde encontrarei coisas decentes.



    Beijos roqueiros às duas! ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro da boa fase da Galeria do Rock, com lojas de acessórios até o teto e boas lojas gothicas... Mas isso faz muito tempo (me senti velha T T).

    ResponderExcluir
  5. Não se sinta, eu também lembro (mais ou menos) como era aquela época.

    Tenho saudade daquela Galeria do Rock D:

    ResponderExcluir