quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Filme: Eu sou a Lenda

Eu posso dizer que #xoreilitrus com esse filme, rs. Gostei muito dele.

Com Will Smith, trata-se de um mundo "pós-apocalíptico": um vírus criado por humanos se espalha por meio do contato com a pele e pelo ar. Esse vírus transforma os seres infectados (sejam cachorros, ratos ou humanos) em uma espécie de monstros degenerados que atacam o que estiver pela frente. São meio como zumbis, embora com muitas diferenças (ok, minha explicação não explicou nada), dentre as quais são: estão vivos, possuem inteligência e fogem da luz do sol, o que os leva a sair somente à noite. Robert Neville é um cientista faz parte do 1% da população que é imune ao contágio, fatos que levam-no a procurar uma cura para esse vírus.

Não posso falar muito mais que isso sem dar spoilers, mas afirmo que é um filme muito bom. O Robert está há 3 anos fugindo desses monstros e procurando a cura, de forma que vive sozinho com uma cadela, a Sam. A solidão dele é tal que ele conversa com manequins e, ao que parece, não consegue mais distingui-los de pessoas reais. Sendo sincera, não sei se eu teria conseguido ficar 3 anos apenas na companhia de uma cadela, sem conversar com as pessoas, rs. 

Aviso que é um filme um tanto pesado. A qualidade digital eu achei boa, especialmente para um filme de 2007. Recomendo muitíssimo, mas em um dia que você esteja de particular bom humor, para aguentar as cenas XD


Acho que a explicação do Wikipédia sobre o filme é mais eficaz, mas também tem spoilers, então deixo o link aqui e tento fazer uma sinopse melhor abaixo, sem dar spoilers e com umas partes retiradas do artigo do Wikipédia:

Sinopse ~
O Dr. Robert Neville, estrelado por Will Smith, é um cientista militar que é imune a um vírus criado 3 anos antes da história começar por uma cientista que procurava a cura do câncer. Esse vírus atingiu toda a cidade de Nova York e algumas áreas além. Ele possui um laboratório no subterrâneo da sua casa por, antes de tudo assumir um tom tão apocalíptico, ter recebido a função de achar a cura para este mal. Os infectados pelo vírus não morrem; eles adquirem um transtorno similar à raiva, juntamente com aversão à luz solar e um comportamento bem selvagem e ameaçador (inclusive comendo gente!). Assim, Robert precisa encontrar a cura desse vírus, ao mesmo tempo que evita ser atacado por esses seres e ainda tem de lidar com a sua solidão, que só não é maior graças à sua cadela, Sam.

Tá aqui, espero ter feito um bom trabalho. Por favor, não olhem a sinopse no Wikipédia, porque realmente tem muitas revelações do enredo. Coloquei na minha sinopse tudo que achei necessário para uma compreensão da história, uma vez que nenhuma informação é dada diretamente e acho que uma sinopse assim facilitaria a compreensão da história.

Beijos pesados! ♥

4 comentários:

  1. Eu também já vi esse filme! Achei muito bom!
    Tipo, eu geralmente nunca tenho medo de filmes de zumbis/vampiros/outras criaturas maléficas, mas os desse filme me deram bastante medo XDD
    Enfim, me deu bastante vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  2. Né XD Eu também tive medo deles!

    Também me deu vontade de ler o livro! *-* E de ver os outros 2 filmes baseados no livro...

    ResponderExcluir
  3. Oii,
    Adoro seu blog e te admiro por ser vegetariana,
    Ja vi este filme a algum tempo atrás e gostei bastante so me deu um pouco de medo!
    AMO o estilo lolita e acho seu nome lindo (mimimi)~
    Você desenha beem !!!
    Beijos !!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lari! :3 Desculpe-me pela demora em ver seu comentário!

    Muitíssimo obrigada pelos elogios!

    O filme também me deu medo, especialmente quando anoitece e os cães vão atrás da Sam T__T

    Abraços florificados! ♥

    ResponderExcluir