quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Em busca de ser uma princesa

Devem ter notado que tenho pensado demais nisso. Aconteceu que eu percebi que o que eu procuro não é me sentir uma lolita. Não sei o que é sentir-se uma lolita, e com toda essa história de lifestyle ou não (que, na realidade, pouco me importa e outro dia falo o motivo) eu acabei descobrindo que estava confundindo significados. O que quero é me sentir uma princesa, e parti do pressuposto de que lolitas são princesas (mesmo que elas possam não ser). Portanto, de agora em diante, não falarei que procuro ser uma lolita. O lolita é apenas a forma mais próxima que encontrei ser uma princesa.

Não estou e nem pretendo fazer o estilo "menininha kawaii desu neee~", como bem apelidei. Nada contra isso,  acho muito fofo quando é natural. Mando beijos de purpurina porque quero, procuro ser educada porque acho isso importante e gosto de dar a louca de vez em quando porque me faz bem. Tenho descoberto uma paixão por coisas meigas que até então estava adormecida (quando eu era criança, eu era bem patricinha) e isso não surgiu porque acho que tenho que agir de forma que combine com lolita.

A bem da verdade, acho que há uma confusão esquisita no lolita que não existe nos outros estilos. Um gótico se veste com preto e não obrigatoriamente tem que ser baixo-astral. As pessoas aceitam com naturalidade que se use um estilo de roupa independente da sua personalidade ou crença, e lolita é apenas uma moda, como todas as outras. E é até por isso que não entendo muito algumas garotas que dizem não existir uma regra de comportamento lolita igualmente falarem em "música lolita", "livro lolita" e "quarto lolita". Acho que é preciso uma certa coerência, ou estou um tanto perdida. Ou lolita é um estilo de roupa, e nisso se prende apenas a roupa, ou é um estilo que avança para outras áreas, como música e livros. Não vejo como dá para ser ambos ao mesmo tempo.

Acho que se usa o termo lolita para definir algo meigo, antigo ou que passa a sensação de ser uma princesa. Tenho uma amiga que considera lolita tudo que é meigo, provavelmente porque fez a ligação de que lolitas usam coisas fofas. Eu fiz essa ligação de lolita com realeza, de forma que essa moda se tornou para mim um degrau para alcançar a sensação de ser uma princesa. E claro que existem outras formas além do lolita de me sentir uma princesa: escrevendo uma carta fofa para alguém, lendo um livro "mágico", tomando chocolate na minha famigerada caneca de morango, usando o anel da Body Line que tenho. Não são tentativas de ser lolita, e sim de me sentir uma princesa. Sim, estou calcando bastante isso.

Claro que a naturalidade é essencial: seja você mesma, sempre. Sempre me lembro disso. Acho que uma lolita toda delinquente e etc pode ser tão esquisita quanto uma "kawaii-desu-nee~", se ela estiver forçando essa atitude. E uma garota pode tentar se forçar a agir com o nível "normal" de formalidade, se ela for mais dada a gírias (por exemplo), vai ficar artificial da mesma forma. E lolitas podem, sim, usar gírias.

Como sempre, saí do foco. O que importa é que percebi essa minha confusão, e não tentarei mais me sentir uma "lolita". O que procuro é ser uma princesa.


3 comentários:

  1. Concordo com você. Lolita é moda e pronto. É roupa. Não mudem seu jeito de ser por isso, oh pessoas. Você quer se sentir uma princesa? Eu tbm gosto de me sentir uma princesa, mas desde que descobri que o significado do meu nome é "rainha", pendi mais pra esse lado hehehe! E sim, que bom que coisas simples te fazem feliz! A mim também! As vezes.

    ResponderExcluir
  2. Um dos melhores posts até agora, Alice, porque você se descobriu com ele. Que grande momento!! E estou muito feliz por poder ler isso!! ^^

    ResponderExcluir
  3. Lady LoLo, obrigada por passar aqui e deixar um comentário! Entendo, algumas lolitas veem a moda mais próxima de rainha do que de princesa XD O que importa é que é da realeza! Gosto muito quando coisas simples me fazem feliz ♥ Acho que temos que aprender a valorizar mais as simplicidades da vida, pelo menos estou tentando fazer isso!

    Hime-chan, muito obrigada! Estou sempre me descobrindo e me reinventando, acho isso muito saudável! Que bom que fica feliz em ler esses meus devaneios! *-*

    Beijos de brigadeiro para as duas! ♥

    ResponderExcluir